quarta-feira, 23 de outubro de 2013

[Parte 5] Entre céu e Terra.


- O bem o e mal

    O anjo era o único que sabia como expulsar a entidade. Conhecera o espírito, ainda em sua forma humana, quando assassinara os pais naquela gruta. A partir disto, a alma se perdera e ficara presa na Terra, possuindo infindáveis vítimas. Sendo assim, o único lugar passível de salvação, era onde a história teve início.
    Leonardo e os anjos entoaram cânticos benéficos que eram direcionadas a Fabrício, deixando a entidade cada vez mais enfraquecida. O canto de louvor aumentava à medida que Fabrício procurava se aproximar de Márcia.
    Com o enfraquecimento, o espírito se dispersou do corpo de Fabrício, pairando no ar, em sua forma demoníaca.  A entidade maligna levantou os braços e com o seu poder fez com que as raízes das árvores prendessem o corpo de Márcia.
    Devido à vulnerabilidade da garota, o espírito conseguia tortura-la incessantemente, proporcionando-lhe uma dor intolerável. Márcia não aguentava mais, seu corpo ia padecendo aos poucos. Assim, em um impulso, a garota pediu para que ele parasse e o espírito novamente tomou-a por inteira.
    Márcia se soltou  das raízes com facilidade. Embora já tivesse conseguido o que queria, o espírito ansiava por destruir todos aqueles que tentaram arruína-lo.
    Inconformado, Leonardo enviava feixes de luz que se distribuíam em várias cores para alumiar toda aquela escuridão podre. Dirigindo-se à Renata, ordenou: “Vá para a gruta e inicie o exorcismo.”
    A mãe atraiu a atenção da entidade, correndo para a gruta. Os padres e o diácono esperaram que Márcia passasse, para depois seguirem. Quando a garota, possuída pela entidade, entrou na gruta, Sérgio, Fabrício e Pedro tamparam o local com uma rocha para que ela não escapasse.

3 comentários:

  1. Muito mistério, no aguardo da continuação. Bjos.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, B.! A história está bastante envolvente.

    Beijos.
    www.dilemascotidianos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Seu conto está bastante envolvente, estimula bem a curiosidade de quem está acompanhando.

    beijos
    eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir