domingo, 7 de outubro de 2012

Aonde está a ética?


      Em meio a tantas reivindicações por um voto consciente, decidi realizar um apelo para outra questão que também envolve (mesmo que indiretamente) as eleições. Durante todo o período de campanha política, os famosos ‘santinhos’ participaram da vida de todos nós, eleitores.
      Este processo tornou-se rotineiro, pois além de ser fácil, possui um custo menor, comparados àqueles recursos que utilizam à mídia para divulgação.
      Pois bem, hoje acordei para votar pela primeira vez. De fato, como já deixei claro inúmeras vezes aqui, entendo pouco de política e não me interesso pela mesma. É óbvio que não concordo com votos de protesto como aconteceu na eleição passada. Além disso, me importo com o meu voto. Tenho consciência de que ele, sozinho, não pode mudar o rumo da minha cidade e muito menos do meu país, mas de qualquer forma estou exercendo meu direito de cidadã e ao longo da história lutamos para conseguir tal feito.
     Voltando ao foco, estava no carro, indo para seção eleitoral quando me deparei com a rua ‘imunda’ desses tais santinhos. Era um jogado pra direita, outro pra esquerda e até mesmo amontoados de papéis.
     Comecei a pensar na falta de responsabilidade de um candidato e seus adeptos, ao deixarem a cidade com um visual desse. Outra questão é o trabalho que será árduo para os garis em limpar toda a cidade, a qual não é pequena. Não medirei palavras e desta vez afirmo é uma covardia, que só ressalta o início do que eles farão quando forem eleitos. Digo todos, sem exceção.
     É muito cômodo pra eles espalharem os santinhos não usados pelas calçadas da cidade, porque é claro, a verba nunca pode ser ‘desperdiçada’.
     Se com a limpeza da cidade a situação já está caótica, imagina quando estiverem exercendo sua verdadeira ‘função’. É uma grande falta de respeito e nós cidadãos devíamos olhar a situação por este lado também, pois apesar de ser uma causa considerada pequena, ainda assim é injusta, sem moral/ética alguma.



8 comentários:

  1. Mas pelo que percebi amore, quem joga os tais santinhos no chão nao são os candidados, mas sim as proprias pessoas das quais trabalham para eles, sem falar que eles estão pouco se lixando para a montanheira de papeis jogados fora, até porque o dinheiro da qual eles pagarao para fazer os santinhos é nosso, e o salário dos garis tambem saem do nosso bolso, enfim o brasileiro só aprende quando o ato prejudica o proprio bolso; Se fosse eles si custeando o marketing proprio eles ficariam mais espertos e n sairiam por ai desperdiçando.

    Obs. dá uma olhada no meu ultimo post respondi sua pergunta..

    Beeijao

    ResponderExcluir
  2. B, se multasse os partidos por tais práticas, quem sabe melhoraríamos o problema. Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Os eleitores sujam sim, mas a quantidade de santinhos é muito maior que a de eleitores. Logo, quem suja mais, são os responsáveis pelas campanhas e certamente que cumprindo -convenientemente- ordem de quem é candidato. O povo já gosta de sujar, de "dar trabalho" a quem trabalha com a limpeza... É uma visão triste e mesquinha demais do nosso povo.
    Coisa simples de resolver, responsabilizando o bolso de quem exerce mais essa falta de educação.
    Só que infelizmente, desde quem deseja receber uma bolsa-auxílio qualquer até aquele que um dia deseja "se dar melhor" na vida, há um interesse pessoal covarde e sujo, que faz com que certas atitudes sejam "aceitáveis". E voltamos à conveniência...
    Lamentável.

    ResponderExcluir
  4. Total desprezo tanto por quem joga essas porcarias por aí quanto por quem paga pro povo fazer isso.

    ps: Obrigada pelo carinho deixado em meu Blog. Um abraço pra você. <3

    ResponderExcluir
  5. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  6. Sou apolítico. Corrupção triste, que afunda esse país.

    ResponderExcluir
  7. Concordo muito com isso. É uma falta de educação e um descaso com a higiene e bom senso...

    Hey segue de volta e deixa um comment?
    www.diademegalomania.blogspot.com
    valeeeu

    ResponderExcluir
  8. Politica é a maior nojeira da sociedade contemporanea, mas é uma nojeira necessária.
    Nunca vi tamanha hipocrisia em um só meio, mas se pessoas com moral, honra e dignidade não começarem a bater cabeça nesse meio, nosso país vai continuar a mesma merda como está.
    Não gosto da sua generalização da politica. Apesar de não conhecer um politico bom, nao podemos generalizar.
    Como dizia o grande Raul Seixas, pelo qual sou fã incondicional : "Que o mel é doce
    É coisa que eu me nego afirmar. Mas que parece doce. Isso eu afirmo plenamente".
    E só porque eu ou você nao conhecemos um politico honroso, nao quer dizer que ele não exista, porque em algum lugar desse país sombrio deve ter alguem se fudendo lutando pelo "futuro da nação".
    Mas ai entra outro importante músico, Renato Russo que dizia: "Ninguem respeita a constituição, mas querem o futuro da nação", bem, mas essa é outra história.
    Belo texto como sempre, e grande saudades *-*
    Beijaço do seu "pretendente" ksksksks.

    ResponderExcluir