sexta-feira, 6 de julho de 2012

A magia de um cubo.


        Um sábio ansião manuseava o seu cubo mágico. Todas as tardes eu o encontrava naquele mesmo parque com o objeto na mão. A minha curiosidade tornara-se aguçada. Quando chegava ao apartamento da Zona Sul, debruçava-me sobre o tal cubo e pensava o que o ligaria à uma pessoa. Aquilo era tão simples e sem valor, que eu o reconstruía em 5 minutos. Após a reconstrução, jogava-o no armário e procurava incessantemente outro artefato como distração: algo que me prendia por um longo tempo e de uma forma bem mais convincente, do que todos aqueles quadradinhos coloridos.
        No dia seguinte, quando o sol se pôs, sentei ao lado do ansião. A cena era familiar. Em vista de tamanha concentração, o velho demorou demasiadamente a perceber que estava ao seu lado. Quando o fez, olhou no fundo de meus olhos e disse: - O que traz um jovem de 19 anos a querer a minha tão humilde companhia?
        Perplexo, calei-me por alguns segundos. Em seguida, respondi: - Como tal curioso que sou, desejo descobrir qual é a magia desse pequeno cubo.
       Ele soltou uma risada sarcástica e o colocou em minhas mãos. Continuou pronunciando:
       - Meu rapaz, a vida é como um cubo mágico, onde os pequenos quadradinhos são os breves momentos, no entanto, os mais intensos que alguém pode viver. As cores distintas assemelham-se às diferentes situações e escolhas que você ainda fará. Devemos reajustar cada peça, como em um quebra-cabeça, para deixá-lo no aspecto e cor adequada. Contudo, para que alcance o sucesso, necessita-se de concentração e reflexão. Desta maneira, poucos conseguem realizá-lo com destreza.
       A sabedoria daquele homem invadiu a minha mente. Passei a acompanhá-lo e levar o tal aprendizado para uma vida inteira.


8 comentários:

  1. Gostei da "fábula"! A vida é isso mesmo. :)

    ResponderExcluir
  2. Nossa, muito profundo. Realmente a vida é assim.
    Adorei!


    http://desenhosdiversosdopaint.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Estamos aprendendo sempre.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  4. Haha, belo conto Bia.
    Sabe, eu discordo um pouco do seu ponto de vista. Apesar de achar que para conseguirmos atingir um objetivo maior, temos que ir cumprindo metas e tal.
    Mas se nos restringirmos a único e exclusivo a isso, estaremos simplesmente fudidos . Perdão pelo termo, mas como tu bem me conhece, não me importo muito com palavras de baixo calão haha.
    Quero enfatizar que de nada adianta vivermos de planos sobre planos, caso a vida fique chata e tenebrosa, tire sua “biróca” da gaveta e deixe rolar (quem assiste CSI entende).
    E bem aos poucos, eu acho que podemos evoluirmos como pessoa, mas isso é o que eu acho...
    E se fosse bom no que acho, seria um palestrante e não um blogueiro haha.
    Enfim, excelente texto como sempre!

    ResponderExcluir
  5. Cada jogada da vida deveria ser realizada com total frieza e precisão para que td desse certo, escrevo deveria pq a vida é composta por pessoas e nós não somos apenas mente e racicionio. Uma vida baseada na reflexão e concentração em cada ato nosso seria uma vida segura mas tb seria uma vida monótona e sem nenhuma surpresa. O auto controle é algo importante mas as surpresas acontecem em atos impulsivos e impensados praticados apenas pela nossa vontade de viver e ser feliz.
    E espero que sua fase de contos dure muito tempo pois vc merece.

    ResponderExcluir
  6. Olá moça, primeiramente peço desculpas por esse comentário no seu blog, mas foi a única forma que encontrei de falar com você, seu scrapbook é trancando e para te adicionar no Orkut é necessário o e-mail. Gostaria de dizer que gostei dos seus textos, principalmente os dois últimos, e do jeito que você escreve. Porém o que mais me chamou a atenção foi o seu perfil, você é de Goiás assim como eu, não sei quanto a você, mas não costumo achar muita gente do estado. E outra coisa que achei bem legal, você diz: “Sonha em ser psicóloga [...]”, eu comecei o curso de Psicologia esse ano na UFG campus de Catalão. Não posso me esquecer da última frase: “Uma garota que ama a loucura”. Bem se possível gostaria de conversar mais com você, ler outros textos, quem sabe você se interesse por algum dos meus, eu tento escrever alguma coisa. Se você quiser deixarei meus contatos:

    msn: wanderson_anhg@hotmail.com
    e-mail: wanderson_anhg@hotmail.com
    facebook: http://www.facebook.com/wanderson.dossantosribeiro.3
    Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=16874829073506479519

    Ps: Não lembro se meu Orkut pede e-mail, se pedir é o mesmo do msn.
    Ps2: Meu msn é cheio de frescura, ele só adiciona se os dois adicionarem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá guri. Que bom encontrar alguém daqui. Sim, é muito difícil mesmo. Claro que podemos trocar uma ideia, é sempre bom compartilhar opiniões. Irei te adicionar no msn. Tentarei na UFG de novo, esse ano. Psicologia é um sonho mesmo. Vou ler seus textos, assim que puder. Obrigada pelo comentário, volte sempre.

      Excluir
  7. Noossa mto bom esse conto , adorei. Seguindo :) Bjos até mais ^^

    ResponderExcluir