domingo, 22 de julho de 2012

Contradições temporais.


    "O tempo perguntou para o tempo qual é o tempo que o tempo tem. O tempo respondeu pro tempo que não tem tempo de dizer pro tempo que o tempo do tempo é o tempo que o tempo tem". Reflexões sobre o tempo parecem intermináveis não é o mesmo? Intermináveis assim como este elemento que nos leva à incompatibilidade. Ora almejamos um acontecimento futurístico e queremos que ele passe rapidamente, ora olhamos no relógio seguidas vezes e percebemos que demorou demasiadamente. O tempo é um verdadeiro mistério para simples seres racionais, como nós.
     Desde o princípio, o ser humano encontrou a necessidade de fixar um limite para determinado prazo. Tal limite, pôde ser estabelecido, através da criação do relógio. Porém este instrumento foi apenas o divisor de águas, para o nosso dilema atual: a complexidade de esperar algo intangível ou até mesmo, conciliar a duração dos nossos dias, estabelecer uma rotina, cronometrar cada ação, planejar fatos. Pensar no presente ou refletir sobre o futuro? Viver na esperança ou apenas não meditar sobre o amanhã? É tão contraditório!
    Às vezes a atitude que temos hoje, pode transformar-se em outra completamente oposta, em outra época. E então, o que fazer? Devemos considerá-lo como o fator responsável pela nossa mutabilidade? Ou apenas assumir a nossa infame hipocrisia.
    Questões infindáveis que talvez jamais sejam respondidas. O tempo é o pior inimigo do homem, contudo, também é o seu melhor amigo. A duração de nossa caminhada, depende da causa e do efeito de um poderoso componente. Na verdade, não temos controle sobre nada, pois, tudo está nas mãos dele: o tempo.
   Tempo que perdura ou dissipa. Tempo que abraça ou apunhala. Tempo que define ou é definido.





Como diz o grande e inesquecível Renato Russo: "Todos os dias quando acordo, não tenho mais o tempo que passou."

5 comentários:

  1. Isso é a cara do Mensagem Efêmera, B. rs
    Adorei. O tempo é e sempre foi um tema que me encanta. bjs

    ResponderExcluir
  2. Reflexões sobre o tempo são infinitas, justamente porque o tema é.

    Uma boa forma de analisarmos o tempo é nos imaginarmos à parte dele, como quem não sofre a sua ação. Por mais que pareça paradoxal, funciona.

    Tbm tenho um blog literário, convido=lhe a conhecê-lo. O texto Anistia Momentânea trata desse tema.

    Abrs!

    www.redutonegativo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. O tempo é foda. Hoje enquanto eu tava fazendo fisioterapia, eu comentei com minha fisioterapeuta: “Leticia, eu queria ter o controle do filme Click e passar todos esse oito meses, e não precisar passar pela maçante fisioterapia”.
    Ela deu risada e disse: “Relaxa, vai passar logo”.
    E realmente a vida está passando muito rápido, lembro como se fosse ontem meu primeiro beijo aos 11. Minhas desilusões, minha família mais unida e várias outras coisas. Sinto medo, e vejo que não estou aproveitando minha adolescência, não estou sendo “idiota” o tanto que deveria, será que sou feliz?
    Creio que não. Muitas vezes eu faço magoas com pessoas especiais para mim, acabo machucando sem querer e muitas outras coisas.
    Procuro amores impossíveis, me apego ao sofrimento que os mesmos me proporcionam, e o que eu ganho? Com certeza nada.
    O tempo já não é tempo.
    Queria poder voltar a 2005, sim, as vezes eu me pego chorando pedindo isso a um ser divino, para que eu volte para anos atrás e seja uma pessoa melhor, onde eu possa ser uma boa pessoa.
    Mas o que me resta é um presente defasado cheio de desilusões, magoas e coisas recortadas. Querendo ou não, tudo isso fiz com consciência, e tenho que aceitar o que sou.
    Não posso ser imutável, mas muitas vezes eu sou. Não posso mentir, mas muitas vezes eu o faço. Não posso me apegar, mas muitas vezes eu me apego. Não posso muita coisa, mas muitas vezes eu faço.
    O tempo ta passando, a vida ta escorrendo em meus dedos. E a cada dia passado, eu vejo que o meu eu já não é mais tão meu assim.
    O meu mundo ta desabando na minha cabeça.
    MAS Enfim, ótimo texto como sempre Bia!
    Parabens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Ganhei um selo chamado “Tu Blog me Inspira” e seu Blog foi escolhido entre meus preferidos. Dê uma olhada em -> http://reinaldodeltrejo.blogspot.com.br/2012/07/selo-tu-blog-me-inspira-por-meu.html

      Grande Abraço;

      De Reinaldo Del Trejo

      Excluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir