sábado, 10 de maio de 2014

Prazer Mortal.


      Como um pássaro de garras afiadas pousou sobre sua presa: cravando as unhas, rasgando o peito, arrancando o coração.
      Calor entre os corpos, movimentos selvagens, ânimos à flor da pele: prazer mortal.
      Gemidos, arranhões, mordidas, autodestruição. Tesão, êxtase, satisfação, gozo e por fim: a morte.

5 comentários:

  1. Nossa, super forte!
    Mas amei,pois as emoções fortes são assim mesmo, um prazer, uma satisfação, um desejo mortal!!!!!!!!!!!!!
    Não sou fã de viver esse tipo de emoção, mas tem gosto pra tudo!!!!!!
    bjus
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  2. Show! Adorei seu blog, tem um ótimo conteúdo.

    O POETA E A MADRUGADA
    opoetaeamadrugada.blogspot.com

    ResponderExcluir