domingo, 6 de abril de 2014

Suicídio Masoquista.


Destroços,
estou no fundo do poço.
Retiraram-me até os ossos,
sinto que nada posso.

Suicídio,
já fora repúdio.
Mas agora é preciso,
correr esse risco.

Anestesiada,
inteiramente abalada,
Sem qualquer reação,
que possa me trazer a salvação.

Por muito tempo me perdi,
mas escolhi estar aqui.
Contemplando o masoquismo,
em direção ao abismo.

Dor que não se entende,
apenas se sente.
Angústia de ser assim,
mas como se livrar de mim?

É que aprecio o sofrimento,
gosto desse tormento.
Quem sabe um dia possa acabar,
e à sanidade poderei voltar.

7 comentários:

  1. Muito forte. Muito bonito. Me identifiquei.

    Tenhamos força, B.

    Beijos.
    www.dilemascotidianos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Engraçado como as vezes nos deparamos com algo que descreve muito do que estamos passando. É clichê o que direi, eu sei, mas parece que você escreveu para mim. Abraço.

    -Distante do Sol-

    ResponderExcluir
  3. Me fez lembrar de um pensamento que diz que: Às vezes é melhor sentir dor do que não sentir nada. Nós temos mesmo essa "mania" de nos apegarmos a qualquer coisa para não cair no vazio...

    Palavras fortes, sentimentos perigosos...

    Abraços, B.
    eraoutravezamor.blogspot.com
    semprovas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde, B. Já sou seguidora deste espaço rico em poesia de qualidade!
    Amo!
    Cada um linda de uma forma única com o sofrimento, uns o trazem para perto de si tornando-o intenso ainda mais, outros, o olham somente de longe, projetando uma saída rápida, que clareie o seu caminho, onde haja luz e paz de espírito.
    Tudo é dualidade, por tudo passaremos, um dia ainda entenderemos que a felicidade vale muito mais a pena do que o masoquismo.
    Parabéns!
    Tenha um dia de paz!
    Beijos na alma!

    http://redescobrindoaalma.blogspot.com.br/2014/04/o-caminho.html
    (meu blog pessoal)

    http://refugio-origens.blogspot.com.br/2014/04/intenso-abandono.html
    (blog onde eu colaboro)


    ResponderExcluir
  5. Maravilhoso retrataste muito bem o sentimento de alguém que esta passando por conflitos, vou confessar já fiquei mais ou menos assim.

    ResponderExcluir