sábado, 19 de abril de 2014

Hipocrisia ou contradição?


      Durante muito tempo fui controlada por minhas próprias regras e era bastante restrita. Não conseguia me abrir a nenhuma nova experiência que pudesse infringir as minhas leis morais. E quando, raramente, os tabus eram quebrados, praticava a autopunição. 
   Contudo, os dias foram se passando e comecei a considerar a possibilidade de abrir algumas brechas nessas regras. Passei a ouvir os conselhos dos meus amigos e daqueles que me amam, a me expressar e discutir sobre assuntos, então foi desta maneira que iniciei o meu aprendizado.
    O ponto é que hoje as regras já não fazem mais tanto sentido. No entanto, há um sentimento ambíguo que floresce em mim em relação a esse assunto. Por um lado foi bom eu ter me desvencilhado um pouco das leis, para conhecer e desbravar o mundo, aproveitando-o, mas por outro, não foi produtivo, pois tropecei nas minhas palavras e as contradisse.
   Hoje, sou o tipo de pessoa que consegue aconselhar alguém dizendo o que pensa e o que, na maioria das vezes, costuma ajudar um amigo a seguir por um bom caminho, porém, quando é pra colocar as coisas em prática na minha vida, a história muda de figura. Sinto que não tenho força o suficiente pra praticar os meus ideais e acho que sou incapaz.
  Mas, tendo como referência tal definição, talvez eu não seja hipócrita, pois, como a hipocrisia é uma falsidade/fingimento, àqueles que praticam-na o fazem propositalmente e lhes digo que no meu caso não é assim. Não há intenção, apenas acontece e está fora do meu controle, na maioria das ocasiões.
   Acredito que eu seja uma contradição, que eu não honre com a minha palavra e que eu não consiga relaciona-la com a ação. A verdade é que sigo procurando uma saída plausível para melhorar nisso.
   E sob outro ponto de vista, considerando que o homem é mutável (e eu mudo de segundo em segundo), onde a hipocrisia poderia entrar aqui? Quer dizer, se você muda de opinião ao longo da sua história e começa a praticar ações que outrora não praticava, você pode ser tachado como hipócrita?
    É uma questão que parei pra pensar dia desses e ainda não cheguei a uma conclusão...

6 comentários:

  1. Olá, como vai? Nossa, achei bárbaro seu texto!!! Inúmeras vezes já me peguei com os mesmos questionamentos. Bem, penso que vamos lapidando nossos conceitos e aprendendo eternamente. Quem se nega a lapidá-los, certamente torna-se amargo e antiquado. O ser humano tem essa liberdade de rever suas posturas e por isso as regras perdem um pouco o sentido ao longo da vida.
    Quanto a em alguns momentos agir na contra-mão do que acreditamos, é preciso primeiro observar as circunstâncias... esses dias agi de forma completamente contrária ao que acredito porque interferências externas me impediram de (não) agir como gostaria. E se não for o caso, é porque as mudanças levam tempo entre o conceito e a prática, e nas escorregadas no que não queremos fazer, vamos nos aprimorando a não fazer mais.
    Adorei! Um abração, Feliz Páscoa!

    ResponderExcluir
  2. Excelente texto, B.

    Acho que de hipócrita, tu não tens nada. Contradições, sim, e isso é absolutamente humano. Só não muda quem não experencia nada. Só não se contradiz quem não vive.

    Um grande beijo. E continuemos assim, mudando e nos contradizendo. É sinal de que não nos tornamos pedras.

    www.dilemascotidianos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Não, você não é hipócrita, uma pessoa hipócrita jamais de reconhece assim.
    você procura passar pras pessoas o que julga ser o melhor, o que talvez tenha feito e arrependeu e o que sua moral e ética apontam ser o caminho certo.

    ResponderExcluir
  4. Olá B , logo de cara agradeço a visita, no meu texto acho que deveríamos ser sinceros com nossos sentimentos sempre, para não doer e não prejudicar ainda mais outras pessoas que amamos.Acho que isso está faltando hoje em dia, assim no caso daquela mulher que acabou abrindo espaço para coisas muito piores.

    Bom, gostei do texto e acho que é uma pergunta que sempre vai e volta. Pois sempre na visa iremos chamar ou seremos chamados de hipócritas, o que me doe são pessoas que usam essa palavra sem ao menos saber o que real significado.
    E as mudanças são constantes, as vezes não porque queremos as vezes é poque somos forçados a mudar seja com algumas pessoas ou a situação que enfrentamos no dia a dia.


    Beijo Grande B. ^^

    ResponderExcluir
  5. O famoso faça o que digo, mas não faça o que faço não é hipocrisia. Contradição é mais apropriado.

    PS: Adorei a sua gargalhada lá no HEOP. Bj

    ResponderExcluir