quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

[Final] Black Day.


        Após anos cuidando de seu neto Marcelo, no esconderijo, Esteban fora descoberto pelo filho. Furioso, Karl queria logo dar fim em Marcelo, mas Esteban insistia em protegê-lo.
        Foi então que Elisa voltou para o resgate prometido. Durante todo este tempo, ficara de guarda, em uma aldeia escondida na mata há alguns metros da mansão Montessore. Disse que quando algum de seus filhos estivesse em perigo, entraria em cena novamente. Ela se fortalecera, estudara todas as entradas/saídas da mansão, aprendera a lutar com os índios, a equilibrar-se espiritualmente e levava consigo o colar mágico Tucupi que protegia as várias índias da tribo. Estava pronta para a batalha.
        Elisa invadiu a mansão em um ato de fúria. Dirigiu-se ao quarto de Karl e o encontrara com Mel em seus braços. Elisa só pensava em salvar os filhos. Atirou uma flecha contra o corpo de Karl, fazendo-o gemer de dor e soltar Mel. Elisa puxou a filha para o seu lado e correu à procura de Marcelo.
        Karl ainda se recuperava, mas devido à sua forma descomunal, conseguiu alcançar Elisa quando a mãe estava prestes a agarrar o filho. Esteban impediu que o golpe dado por Karl sacrificasse Elisa.  Pai e filho voltaram-se um contra o outro.
        Karl levantou-se contra os quatro e repetia: 
        - Que bela família papai. Acho que você os roubou de mim.
        Mesmo amando-o, Esteban atacou-o, mas sem êxito. Nesse meio tempo, Karl capturou Marcelo e pela primeira vez sentiu o toque do filho indesejado. Repentinamente, olhou dentro dos olhos verdes de Marcelo, viu inúmeras luzes saírem e permearem sua alma. Marcelo colocou a mão sobre o coração negro de Karl e fê-lo sentir dor, seguido de arrependimento e culpa.
        Neste momento, Karl foi tocado por um menino-anjo, o próprio filho que tanto desprezara. Marcelo sempre tivera dons superiores e era um dos representantes das forças benignas na Terra. Marcelo herdara apenas as características da mãe, sendo um verdadeiro milagre.
Karl desabou no chão e permaneceu desacordado durante 12 horas, até que sua alma fosse completamente lavada das forças maléficas e suas lembranças apagadas.
       No fim, Elisa recuperou os filhos e partiu com eles para a aldeia onde vivera durante anos. Lá, Marcelo, ficou ao lado da irmã Mel, orientando-a, a fim de que ela pudesse escolher o lado do bem ao invés do mal.
       Os Montenssore mudaram de Black Day, recomeçaram a vida e jamais voltaram àquele lugar.

3 comentários:

  1. Oi B
    Mas texto interessante. A trama prende a atenção pela forte carga emotiva que passa ao leitor.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Gostei demais B. Que desfecho intenso. Embora sucinto, foi uma trama bem bolada. Feliz por ela ter conseguido resgatar os filhos.

    :)

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. B.
    Muito bom.
    Gostei do desfecho.
    Quem sabe vem por aí uma continuação,

    Bjs

    ResponderExcluir