domingo, 21 de dezembro de 2014

Infância perdida.


    Há muito tempo, venho me questionando em relação às nossas crianças contemporâneas.  Recentemente vi uma notícia sobre um spa infantil na Espanha, que oferece um “dia de princesa” para meninas acima de 5 anos.  Acredito que a infância está sendo extremamente “perdida” na atualidade e a vaidade exaltada precocemente.
      Todos estão correndo contra o relógio e a quantidade de informações que nos é passada desde os primeiros anos de vida é exorbitante. A maioria dos pais não tem mais tempo, devido aos compromissos diários, de ficar em casa com os filhos, deixando-os entretidos com a tecnologia alienante. E então, as crianças entorpecidas tecnologicamente, acabam por lidar com o “novo”, com o “progresso” de uma forma diferente.
   O fato é que a maioria das crianças tem desperdiçado sua essência, crescendo rodeadas por um universo extremamente erotizado/sexualizado, onde não há lugar para inocência, para a pureza, as quais eram tão enaltecidas desde os primórdios.
  Em contrapartida, após crianças sexualizadas encontramos adultos infantilizados, homens e mulheres que buscam reviver a infância passada, justamente na meia-idade. Que loucura não? Aonde isso tudo irá parar? Está tudo de pernas pro ar!

4 comentários:

  1. Bom dia B..
    um belo chamado, sou bastante observador e vejo muito isso tb..
    as crianças não brincam mais de balanço.. brincam de celular, de entrar na internet ou ficar o dia todo grudado em jogos..
    estão controlados desde pequenos.. pais dão toda esta parafernália pq nunca tem tempo para as mesmas.. inclusive na hora de fazer.. acho que é mais o rapidinho do momento do que o amor propriamente dito.. já ouvi que o sistema de internet satélites e tal vai cair por terra.. como será que muita gente vai ficar desconectada dessas coisas.. eu pelo menos não sentirei isso ,nem celular tenho srs muitos acham que isso aqui é real que falar com todo mundo quer dizer que temos mais amigos, acho que temos de aproveitar e buscar coisas boas enquanto podemos. pq as coisas vão mudar.. bjs e lindo dia

    ResponderExcluir
  2. Concordo B.
    Hoje quando uma criança completa 2 anos ou até menos já ganha um tablet. Não se vê mais aquelas brincadeiras de roda, esconde-esconde, jogo de tacos. É tudo eletrônico. E as coisas boas da infância vão ficando no esquecimento;

    FELIZ NATAL.

    Saudade de vc.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Concordo com você,amiga!
    A infância era para ser vivida intensamente , mas a tecnologia tomou conta dos pais e dos filhos também!
    Bjus e FELIZ ANO NOVO!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  4. É triste mesmo ver que hoje não se vive mais a própria idade, mas ainda acho quer tudo é a base familiar, é os sonhos frustados que são depositados nos inofensivos que vem a ser os filhos...Enfim,,,
    Adorei texto B.

    Feliz 2015 (estou um pouco atrasada rs) Beijão!!!

    ResponderExcluir